domenica 22 gennaio 2012

Attenta, Verinha, alle malìe...




Canto de Ossanha 
(Baden Powell / Vinícius de Moraes)



O homem que diz "dou" não dá, 
Porque quem dá mesmo não diz
O homem que diz "vou" não vai, 
Porque quando foi já não quis
O homem que diz "sou" não é, 
Porque quem é mesmo é "não sou"
O homem que diz "tô" não tá, 
Porque ninguém tá quando quer
Coitado do homem que cai 
No canto de Ossanha, traidor
Coitado do homem que vai 
Atrás de mandinga de amor

Vai, vai, vai, vai, não vou
Vai, vai, vai, vai, não vou
Vai, vai, vai, vai, não vou
Vai, vai, vai, vai, não vou
Não vou, que eu não sou ninguém de ir 
Em conversa de esquecer
A tristeza de um amor que passou
Não, eu só vou se for pra ver uma estrela aparecer
Na manhã de um novo amor

Amigo senhor, saravá, 
Xangô me mandou lhe dizer
Se é canto de Ossanha, não vá, 
Que muito vai se arrepender
Pergunte ao seu Orixá, 
O amor só é bom se doer
Pergunte ao seu Orixá 
O amor só é bom se doer

Vai, vai, vai, vai, amar
Vai, vai, vai, sofrer
Vai, vai, vai, vai, chorar
Vai, vai, vai, dizer
Que eu não sou ninguém de ir 
Em conversa de esquecer
A tristeza de um amor que passou
Não, eu só vou se for pra ver 
Uma estrela aparecer
Na manhã de um novo amor

Chi dice "do" non dà,
Perché chi dà veramente non lo dice
Chi dice "vado" non va,
Perché quando se ne è andato non voleva
Chi dice "sono" non è,
Perché chi è davvero, è (dice) "non sono" 
Chi dice "resto" non resta,
Perché nessuno resta quando vuole
Attento a chi cade 
Nel canto di Ossanha traditore
Attento a chi va
Dietro alle malie dell'amore

Fai, fai, fai, non lo farò
Fai, fai, fai, non lo farò
Fai, fai, fai, non lo farò
Fai, fai, fai, non lo farò
Non lo farò perché io non sono nessuno per mettermi
A parlare di dimenticare
La tristezza di un amore che se ne è andato
No, lo farei solo se vedessi
Apparire una stella
Nel mattino di un nuovo amore

Signore, amico mio, saravá
Xangô mi ha mandato a dirti
Che se si tratta di un canto di Ossanha non va (bene)
Che te ne pentirai amaramente
Chiedi al tuo orixá
L'amore è buono solo se fa male

Amerai 
Soffrirai
Piangerai
Dirai
Che io non sono nessuno per mettermi
A parlare di dimenticare
La tristezza di un amore che se ne è andato
No, lo farei solo se vedessi
Apparire una stella
Nel mattino di un nuovo amore

Nessun commento:

Posta un commento

Nota. Solo i membri di questo blog possono postare un commento.